Como podemos nos movimentar para experimentar?

Atualmente é visível que boa parte das pessoas se deixam estagnar pela objeção alheia, pelas regras que não sabem de onde vem, pelo preconceito limitante, pelas expectativas e convenções construídas no reduto onde vivem, nascem ou frequentam,mas esquecem de se conhecer!

Pra que perder tempo analisando ou julgando como os outros vivem, se podemos investir tempo melhorando nossa qualidade de experimentar essa oportunidade única?

Afinal, existe uma maneira certa de viver?